Conectar-se

Esqueci minha senha

Últimos assuntos
» Desligamento
Qua Maio 14, 2014 7:40 pm por Diegohf

» 2 fase do torneio
Qua Abr 30, 2014 1:38 pm por negrao21

» Torneio Supermacy
Qui Abr 10, 2014 5:29 pm por Moises2002

» Novos ares e novos objetivos!
Seg Abr 07, 2014 10:16 am por Imperador.fht

» Indicacao!
Qui Abr 03, 2014 6:34 am por Diegohf

» Torneio Supremacy
Ter Abr 01, 2014 12:12 pm por negrao21

» Esperiencia!
Sab Mar 22, 2014 8:42 pm por Imperador.fht

» Organizacao dos membros!
Qua Mar 19, 2014 6:19 am por Imperador.fht

» NatsuDraganeel (Hugo)
Qua Mar 19, 2014 6:16 am por Imperador.fht

Novembro 2018
SegTerQuaQuiSexSabDom
   1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  

Calendário Calendário


Apresentação - SZAS

Ir em baixo

Apresentação - SZAS

Mensagem por Szas em Sex Fev 14, 2014 11:15 am

Oi, meu nome é lucas, jogo desde 2010, mas nunca com grandes pretensoes, jogo pra relaxar, essa é a primeira ally que participo, espero que tenhamos sucesso.

Nao achei onde mais poderia por, vai aqui um texto de minha autoria pra pensar em guerra.

ERAM 13


"Começaram mal, eram 13, a maioria recrutas, soldados rasos, apenas o Reverendo era Terceiro-Sargento, e mesmo ele sabia que não dariam conta, todos morreriam.

Foi dada a eles uma missão, que já fora tentada outras duas vezes, na primeira foram enviados 4 homens, nenhum retornou, na segunda, oito homens, entre eles o irmão de Peter (o médico que vai nessa terceira investida), todos puderam ver a execução dos 3 sobreviventes, foram levados a uma colina, onde todo o exército podia ver, e fuzilados, os corpos cairam no chão, e estão lá até agora.

Esta era a terceira investida, e outra viriam se essa falhasse, cada vez com mais homens, com outra abordagem, mas o objetivo era o mesmo, atacar os bunkers de metralhadoras e morteiros, com o menor número de baixas possível, mas todos os 13 eram dispensáveis, e foram obrigados a ir nessa missão suicida.

Às 02:13 da manhã eles partiram, 13 homens na escuridão, não falavam entre si, estavam apenas com medo, pensando no que fazer para sair daquela situação tão crítica.
Após meia hora de caminhada o reverendo ergueu o punho como sinal de parada, todos como se não estivessem com medo nem receio, agiram como um e pararam, o Reverendo se abaixou e começou a se arrstar pela folhagem, todos fizeram o mesmo, estavam mais perto agora, podiam sentir.

Então, como um trovão, o som de um tiro rompeu com o silêncio, Peter havia atirado na direção de um pedregulho, e após o trovão houve um silêncio, e então um berro de dor, Peter havia acertado alguém, Peter nunca saberá, mas nesse instante o reverendo olhou na direção de seu subalterno e fez sinal de positivo com a cabeça, fora uma boa idéia chama-lo consigo para essa missão, um rapaz de bela mira, apesar de seus 25 anos recém completados, mas seus pensamentos tiveram de ser parados, pois um tiroteio começara, e sem perceber já bradava a seus alidos que se protegessem atrás de qualquer coisa que conseguissem encontrar.

Haviam chegado a um local onde não podiam ser atingidos pelos morteiros e metralhadoras, porém apenas grupos pequenos podiam passar por vez, o estrategista adversário devia ser bom.
A noite não se consegue ver direito aonde você está atirando, longe disso ser uma desvantagem, já que a escuridão vinha para os dois lados, a desvantagem estava que os inimigos sabiam onde o reverendo e seu pelotão se encontravam, enquanto que estes só sabiam que um de seus inimigos morrera atrás de uma pedra, foi quando o reverendo teve uma idéia, e ordenou que um de seus homens arremessasse uma granada, foi o que o rapaz fez, mas no momento em que seu braço fazia no ar um arco de arremesso um tiro o atingiu, justo no baço que segurava a granada, e ambos, o braço e a granada voaram em direção a pedra, após ouvir a explosão o reverendo ordenou que cessassem fogo e que peter cuidasse do jovem sem braço, que estranhamente não urrava de dor, e apenas graças a isso foi possível ouvir os gemidos de dor de trás da pedra.

Então o reverendo e outros 10 homens flanquearam a pedra, apenas para cair em um engodo, a granada havia sim ferido alguns mas haviam mais homens do que o reverendo esperava, e outro tiroteio a queima-roupa ocorreu, mas foi muito mais rápido que o primeiro, os dez homens apenas miraram para baixo e atiraram, e os de baixo miraram para cima e tambem atiraram, após dois segundos de tiros o silêncio reinou uma vez mais, e dos quase 17 homens presentes nessa batalha apenas o reverendo e mais 4 homens se reuniram a Peter e seu já falecido paciente.

Eram 6, e sua moral continuava a mesma, todos com medo de morrer e agora com razão, mas todos sabiam que agora não havia mais volta, de todos os seis os que andavam mais firmemente eram Peter e o reverendo, cada um por seus motivos próprios, o reverendo por ter perdido tantos homens e ceifado tantas vidas, afinal era um homem de Deus (onde estaria Ele?) e Peter pela morte de seu irmão e do jovem, o qual ele nem sabia o nome, só sabia quem eram os culpados, e ele iria matar todos.

Foram em direção ao bunker com a certeza de que haviam ouvido os tiros, e sabiam que eles estavam em maioria, mas dessa vez eles estavam por cima, eles sabiam onde o inimigo estava, e não ao contrário, isso somado com a raiva os fez maquinas de combate, foram liquidando um bunker de cada vez, cada um com 3 ou 4 homens dentro, geralmente dando a opção de morrer ou queimados com o lança-chamas ou a tiros assim que sair, rendição não era um opção, haviam alguns que saiam chorando e falando um péssimo francês, apenas para serem silenciados para sempre.

Foi então que aconteceu, Peter e os outros jamais saberão o que aconteceu, ao abrir a porta do último bunker um Raio imrrompeu lá de dentro e rapidamente deixando os 4 homens estirados ao chão, de olhos abertos, vidrados, encarando o Reverendo, mas ele não olhava para seus companheiros, olhava para aquele que saia de dentro do bunker, um Ariano com os olhos soltando faíscas com poder mágico, era o que o Revrendo temia, encontrar outro como ele nos campos de batalha, então o Alemão fez novamente, mas dessa vez o reverendo pode ver qual era o Ritual, enquanto balbuciava palavras que o Reverendo reconheceu como sendo um idioma nórdico antigo, sacava uma pequena lanterna, do tamanho de uma caneta, e tampava a luz, rapidamente o reverendo recitou sua contra mágica, segurando o terço de cristal que estava em seu peito, e apenas acenou, foi quando o Ariano acendeu a lanterna, e de onde deveria sair apenas um pequeno feixe de luz, e um trovão surgiu e iluminou todo o campo de batalha, se alguem mais estivesse presente poderia ver os corpos estirados no chão e o olhar de surpresa do ariano ao ver seu trovão simplesmente entrar numa fenda de luz que surgiu a frente do reverendo

"Du." foram as últimas palavras do Ariano, ao que o reverendo respondeu com apenas um aceno de cabeça, e novamente levou a mão ao terço de cristal uma vez mais, e fez o sinal da cruz no ar, o ariano bem que tentou, tentou recitar sua contra mágica, mas não teve tempo, antes que pudesse terminar viu apenas um flash de luz, e morreu.

O reverendo olhou para o sol nascente, se indagava porque deus deixava as pessoas morrer assim, mas julgou que as razões do divino um mero mortal não poderia entender, olhou para seus companheiros caídos, sabia de algum modo que todos morreriam, fez uma breve prece a eles e olhou para seu destino, retornar ao exército, para ajudar os homens comuns contra outros como o alemão que acabara de derrotar, tinha um longo e solitário caminho a percorrer, e doze cartas para escrever.

Choveu naquela manhã."

Szas

Mensagens : 2
Data de inscrição : 14/02/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Apresentação - SZAS

Mensagem por Nargaroth em Sex Fev 14, 2014 11:24 am

opa , muito bom este momento de leitura . a moral dos soldados aqui presentes certamente subiu para 110% .

-bem vindo a aliança -
avatar
Nargaroth

Mensagens : 29
Data de inscrição : 15/01/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Apresentação - SZAS

Mensagem por Moises2002 em Sex Fev 14, 2014 4:20 pm

Seja bem vindo mano  .
avatar
Moises2002

Mensagens : 7
Data de inscrição : 15/01/2014
Idade : 19
Localização : RS santa maria

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Apresentação - SZAS

Mensagem por Diegohf em Sex Fev 14, 2014 9:52 pm

História interessante e diferente das que conheço. Eu gostei dela. Seja bem vindo Paraquedista.

Diegohf

Mensagens : 34
Data de inscrição : 19/01/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Apresentação - SZAS

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum